Grupo Trampulim

Página Inicial

Você é um palhaço?

Grupo Trampulim

Histórico

A história do Grupo Trampulim começou em 1994, quando foi fundado por Rogério Sette Câmara e Inimá Santos, fundadores também da Spasso Escola Popular de Circo. De lá pra cá, foram criados mais de 12 espetáculos, números e performances, e desenvolvidos vários projetos sociais e para empresas.

Em 1998, o Grupo se tornou independente da escola, firmando-se como um dos principais grupos a trabalhar com a linguagem circense em Belo Horizonte.

Mais tarde, em 2005, o Grupo alcançou os cenários brasileiro e internacional, com direito a uma extensa turnê pelo Canadá.

Em 2006, o Grupo comemorou seus 12 anos com o evento “Uma Dúzia de Trampulim”, realizado com recursos do Prêmio Funarte Carequinha que incluiu espetáculos de rua, oficinas, uma mostra de trabalhos, uma publicação e o lançamento de um vídeo com uma retrospectiva de sua história. Ainda em 2006, o Grupo iniciou experimentações multimídias que se desdobram em 2009 em produção de conteúdo artístico digital.

No ano seguinte, 2007, o Trampulim foi responsável pela realização do ÍMPETO - Invasão Mundial de Palhaços e Todos os Outros. Um festival inédito em BH, garantido pelo Fundo Municipal de Cultura, concebido com o intuito de fortalecer a cena circense mineira, formar, capacitar e aperfeiçoar os artistas locais, além de democratizar o acesso ao conhecimento de novos caminhos.


No final de 2008, o Grupo Trampulim estreou o espetáculo Manotas Musicais, concebido a partir da ideia de usar a música como uma ferramenta de jogo para o palhaço.

Já em 2009, a pesquisa e o desenvolvimento artístico tomam conta do Trampulim, que chega aos seus 15 anos a todo o vapor. Como resultado, nesse ano, o reconhecimento veio com os prêmios SESC-SATED e SINPARC de Melhor Atriz de Teatro Infantil para Adriana Morales e SINPARC de Melhor Ator de Teatro Infantil para Tiago Mafra, além das indicações nas categorias de Melhor Direção, Melhor Espetáculo e Melhor Ator de Teatro Infantil com “Uma Surpresa para Bendita”.


Em 2010, o Grupo Trampulim ganha o prêmio Myrian Muniz e realiza a segunda edição do seu festival ÍMPETO - Invasão Mundial de Palhaços e Todos os Outros. Com esta dobradinha, ocupa com alegria a cidade de Belo Horizonte, promovendo um intercâmbio artístico entre Grupos e artistas locais e lançando um espaço de criação inédito dentro de sua sede, o E.T. - Espaço Trampulim. O risco e o riso foram motes propulsores das Invasões e Cabarés.

 

2011 foi o ano do Experimento, um espetáculo que inova pelo seu processo peculiar de criação. Cada EXPERIMENTO é criado em apenas cinco dias de trabalho e experimentado de forma inédita ao final do processo. Uma verdadeira incubadora criativa de cenas cômicas na qual a única garantia são boas gargalhadas!


 

Como qualquer adolescente cheio de sonhos, este é o ano das realizações! Completando 18 anos, o Grupo Trampulim renova seu repertório e, com o incentivo do Prêmio Carequinha, cria, a partir de cenas experimentadas diante do público, seu mais novo espetáculo. E os prêmios não pararam por aí! O Artes Cênicas Na Rua viabilizou que os palhaços do Trampulim invadissem ônibus e metrôs de cinco capitais Brasileiras. É o RISO PASSAGEIRO. Para arrematar a festa da maioridade, é realizada uma grande mostra de 18 anos do Grupo com espetáculos, cabarés, oficinas e uma linda exposição.

2013 foi o ano da maternidade para o Grupo. Uma nova geração surge com o nascimento de Benjamin e Caetano. Além de Valentina, que já é uma "menina grande" e neste ano constrói seu primeiro número de palhaço, " Vitrola Sabonita em: O dobro do Pão de Queijo". Como bons palhaços que não conseguem ficar longe dos palcos, a licença maternidade não dura muito. O Grupo circula com todo o seu repertório por várias cidades de Minas e realiza o UM PULIM NA SPASSO, projeto viabilizado pelo Fundo Municipal de Incentivo à Cultura, que leva à sua antiga sede espetáculos de vários Grupos de Belo Horizonte e oficinas do Grupo.

2014: Seis espetáculos no repertório, Mais de 200 apresentações pelos quatro cantos do Brasil, incontáveis kilometros rodados! Agora é hora de voltar à sala de ensaio e dar continuidade à criação do novo espetáculo: PancadaRia. A idéia surge em parceria com a PLAN B. Trata-se de um formato inovador no qual a partir de uma máquina semelhante a um videogame, o público controla os palhaços numa luta surreal e emocionante. Mãos à obra!

 

Agora, só resta esperar por toda gargalhada que ainda
está por vir!

Presença Online